Menina descobre câncer após cortar cabelo para doar a crianças doentes

Uma menina de 4 anos recebeu o diagnóstico de câncer, logo após cortar o cabelo para doá-lo para a confecção de perucas de crianças com a doença. Giovanna descobriu que tinha câncer no olho direito ao acompanhar a mãe, Mariana Campos, em um exame de vista no Detran, quando, brincando com o médico, disse que estava com dificuldade de enxergar.

“Ela foi comigo e quis fazer tudo o que eu estava fazendo no Detran. Na hora do exame médico, ela quis participar e o médico a deixou ‘brincar’”, contou Mariana ao iG.

“Quando cheguei em casa, eu disse para meu marido que estava com dificuldade de enxergar através do olho direito. Giovanna, então, disse que foi difícil para ela também. Me assustei. Como tinha sido difícil?”, questionou a mãe.

Foi então que Mariana resolveu procurar um médico oftalmologista para a filha e recebeu o diagnóstico de câncer.

Giovanna começou o tratamento no GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e a Criança com Câncer) com quimioterapia intra-arterial, em que um cateter é inserido pela virilha e percorre o corpo até chegar na artéria ocular, onde o quimioterápico é inserido. Nesta forma de tratamento, não há queda de cabelo.

A princípio, como os fios ainda não tinham sido doados, o envio do cabelo foi suspenso. “Como vimos outro menino em tratamento que a artéria ocular fechou, não permitindo mais que ele fizesse quimioterapia local, achei que, se isso acontecer, poderia usar o cabelo dela mesma”, disse a mãe.

No entanto, Mariana afirma que o cabelo será doado por Giovanna para outra criança com câncer: “Com o contato com o GRAACC, ela irá pessoalmente entregar para alguma criança”.

Leia também:

Primeiros socorros para quatro situações que todos os pais e mães deveriam conhecer e dominar

7 dicas para acalmar um bebê que chora muito

Deixe uma resposta