Essa mãe desabafou desesperada para que outras pessoas nunca beijem um recém-nascido

Essa mãe desabafou desesperada para que outras pessoas nunca beijem um recém-nascido

Com apenas nove dias de vida, o pequeno Gunner era a alegria da família e o mimo da mãe. Mas, um dia, a criança acordou com uma febre altíssima, além de muita dificuldade para respirar e já não conseguia mamar. F oi quando sua mãe, Krystal Hayes, de 26 anos, ficou desesperada e não mais sentiu o chão sob seus pés. Ela levou o pequeno Gunner para o pronto socorro pediátrico, e lá foi dado o diagnóstico de uma séria doença infecciosa, que poderia levar o bebê a morte.

O diagnóstico dos médicos foi que o bebê estava com um quadro de meningite. Mas como o pequeno  Gunner ficou doente?  O que mais chocou a mãe, segundo os médicos, foi que a doença poderia ter sido contraída por um simples beijo inocente que uma vizinha deu nele !

O que é essa doença?

A meningite é uma doença grave que caracteriza-se por inflamar as meninges.

Elas são estruturas, como se fossem capas bem finas, que envolvem o sistema nervoso de qualquer pessoa, protegendo, assim, que doenças sejam evitadas em uma região extremamente nobre do corpo humano.

A meningite pode ser causada por um vírus, uma bactéria ou um fungo, variando sua gravidade e quadro clínico de acordo com o agente que causou a doença. A meningite mais grave de todas é a bacteriana, que tem uma alta chance de causar a morte ou deixar sequelas sérias nas crianças que sobrevivem.

Pode ser causada após uma infecção de ouvido, uma cirurgia, ou uma fratura, por exemplo. Acontece quando a bactéria que estava na corrente sanguínea agora está no cérebro da criança.

Os sintomas mais comuns [VIDEO]que devem causar preocupação e a busca por ajuda médica são: febre muito alta, dores de cabeça, pescoço rígido, náusea e vômito em jato (com ou sem náusea), confusão mental, convulsão, muito sono, falta de apetite, sensibilidade a luz exacerbada e manchas na pele podem aparecer no recém-nascido acometido.

Vale lembrar que a meningite não é uma doença exclusiva de recém-nascidos, podendo acometer qualquer pessoa, independente de sexo e idade.

O tratamento da doença varia de acordo com o tipo de meningite e com o quadro clínico da doença. A meningite bacteriana necessita de tratamento imediato com antibióticos, que devem ser administrados em ambiente hospitalar e de forma intravenosa.

É extremamente importante saber qual a bactéria que causa a doença para que o melhor antibiótico possa ser dado para a pessoa que contraiu a doença. A verificação da bactéria se dá através da coleta do líquido espinhal, conhecido como liquor.

Portanto, muito cuidado ao manusear um recém-nascido, lave sempre as mãos e evite beijá-los.

Leia também :

Bebê quase morre depois de receber um beijo e contrair herpes

Deixe uma resposta