Bebê com síndrome de Down vence câncer duas vezes,antes de completar 2 anos

A pequena Grace Rosian passou por muitas coisas em seus 2 anos de vida, mas nunca deixou de sorrir. Ela nasceu prematura de 32 semana, depois que sua mãe teve uma parada cardíaca quando estava grávida dela, e foi preciso fazer uma cesariana de emergência. E a pequena Grace nasceu com síndrome de Down e um sério problema em seu sangue.

“Quando Grace nasceu, os médicos nos disseram que ela tinha síndrome de Down e também tinha … uma forma de leucemia típica em crianças com síndrome de Down”, explicou Valerie à PEOPLE. “Ficamos chocados. Acho que nunca recebi um soco tão forte no estômago.

“Ela estava com pouco mais de um quilo e recebendo quimioterapia aos 2 dias de vida. Eu chorei e rezei muito”.disse Valerie sofrendo e com o coração partido.

A pequena Grace teve que ser tratada de leucemia por dois meses, e finalmente ficou curada do câncer. Mas os médicos disseram que a leucemia ainda poderia voltar.
“Ela ficou em casa por um tempo e começou a ficar doente novamente. Desde que ela nasceu, eu só a tive em casa por cerca de cinco ou seis meses. Ela entrava e saia do hospital o tempo inteiro, disse Valerie à PEOPLE.

Valerie teve fazer campanhas para angariar fundos para as despesas médicas de Grace. Passado alguns meses em casa Grace desenvolveu uma leucemia mielóide aguda, com isso os médicos informaram que ela não teria nem mais um ano de vida.

Em agosto Grace começou a receber a quimioterapia para o segundo câncer.
. “Ela ficou muito doente. Ela começou a perder o cabelo e feridas começaram a aparecer. Ela vomitava muito e tinha diarréia. Parecia que eu estava carregando um peso no meu peito. Em suas fotos de seu primeiro aniversário, dói meu coração ao vê-las. Nós nos esforçamos tanto para torná-lo especial para ela, ela estava tão doente. Ela parecia tão doente”, relatou a mãe à PEOPLE”.

Grace  começou a se sentir melhor no inicio desse ano, então os pais receberam uma boa notícia de que o câncer dela estava em remissão e a mãe contou que sentiu como se pudesse respirar agora.

No dia 21 de maço, Dia Mundial da Síndrome de Down, ela foi liberada do hospital, Valeria tem postado na internet tudo sobre sua filha, que foi apelidada de “Amazing Grace”, mesmo precisando usar aparalhos auditivos ela está indo muito bem.

“Ela é um bebê tão feliz. Mesmo quando ela estava doente, ela sempre tinha um sorriso no rosto. Ela sempre foi uma menina muito pacífica, feliz e falante. Ela é um bebê maravilhoso. Ela se comporta muito bem, uma menina feliz e brincalhona ”, disse Valerie.

 

Veja também:

Bebê Trocado na Maternidade é Destrocado 11 meses depois: Difícil e Dolorido dizem Pais.

Bebê nasce morto e mãe mostra as fotos é de “Doer o coração”

Deixe uma resposta