Bebê de nove meses sofreu queimaduras terríveis com água.

Menino foi pulverizado com água que ficou esquentando em temperaturas sufocantes.
O bebê de 9 meses, Nicholas sofreu sérias queimaduras de segundo grau queimando 30% de área do corpo em um acidente doméstico.

Mãe do bebê é Dominique, eles moram no Arizona. Ela está profundamente arrependida e sofreu ao ver seu bebê no estado em que ficou. Agora ele está bem recuperado e ela vem a público contar o incidente para que todos os pais tenham cuidado.

 

Como o bebê teve a pele queimada com a água.

Em um dia ensolarado, ela estava na piscina de casa e o bebê sentado perto, na sombra. Para refrescá-lo um pouco, ela pegou a mangueira que estava no sol e ligou para molhar o menino ao fazer isso, o bebê sentou desconforto e ela parou achando que ele estava de manha por não quere água no rosto. Em seguida ele chorou porque a água estava muito quente e ele foi ficando vermelho. Então ela se deu conta do que estava acontecendo e descobriu que dentro da mangueira havia água que estava quente do sol.

Cuidados com o verão.

Com a chegada do verão é importante que os pais fiquem muito atentos as altas temperaturas que podem afetar os bebês, mas precisam ter cuidado com o modo em que irão refrescar as crianças.
É comum em muitas regiões, as mães colocarem água para esquentar com a temperatura do sol nos mais diversos recipientes, sendo que a maioria deixa a água para ser aquecidas em bacias de alumínio ou baldes de plástico. Tudo bem quanto a esse costume, só que é preciso antes de dar banho ou jogar água na criança, verificar a temperatura, pois dependendo do dia, pode ficar muito quente e provocar queimaduras.

E você , o que pensa desse caso? Foi irresponsável essa mãe ou os acidentes acontecem? Deixe sua opinião!

Deixe uma resposta