Mãe doa seus próprios órgãos e salva a vida do filho

Caso emocionante de amor de uma mãe volta a valorizar a importância da doação de órgãos.

Sarah Lamont deu a mais linda prova de amor de uma #mãe para o seu filho. Com o pequeno Joe agonizando em dores, esta mulher espera conseguir salvar sua vida, fazendo uma doação de órgãos.

O menino tem somente quatro anos, mas sofre de uma doença renal poliquística, em que seus rins ficaram tão dilatados e danificados que tiveram de ser removidos nas semanas seguintes ao seu nascimento, e ele esteve em diálise desde então.

No ano passado, sua doença se agravou e só a coragem de sua mãe está permitindo que o pequeno milagre esteja acontecendo, depois de Sarah ter doado parte de seu fígado, enquanto se prepara para nova doação, a de um rim.

Os médicos de Joe descobriram no ano passado que a doença renal tinha danificado seu fígado e ele estava em perigo de sangrar, o que seria fatal. Nesse momento, o transplante se tornou prioritário.

E o primeiro passo para a recuperação de Joe está correndo bem, depois de a cirurgia realizada. Mãe e filho foram operados em hospitais diferentes, na Inglaterra.

Enquanto Sarah ficou no hospital Queen Elizabeth, o menino ficou no hospital infantil de Birmingham, o que não impediu Sarah de sair do hospital, entrar num táxi, para ir ver o seu filho, assim que acordou.

“Eu sei que não deveria ter fugido sem os médicos deixarem, mas eu estava desesperada para ver meu filho pequenino. Então eu peguei a enfermeira e pedi para tirar-me do gotejamento do analgésico e fui de bata e pijama”,

contou esta corajosa mãe solteira, em declarações para o jornal Mirror. Depois, esta mãe pagou seu atrevimento bem caro.

“Senti muitas dores nos dias seguintes, mas não me arrependo”, disse Sarah

Leia também:

Mulher encontra bebê no lixo. 2 anos depois a transformação é surpreendente. Veja como ficou a pequena Nika

MANCHA MONGÓLICA: A MANCHA NO BUMBUM DO BEBÊ

A simples tosse de um bebê virou uma doença que pode matar, pais fazem um alerta.

 

Deixe uma resposta