MENINA DE 5 ANOS É ESTUPRADA POR MOTORISTA DENTRO DA VAN ESCOLAR: “OFERECEU PIRULITOS”. ACONTECEU EM FORTALEZA.

Em quem vamos confiar!! Ele era amigo da família!!

Está difícil imaginar ou dizer até onde vai a maldade.

O motorista de uma van escolar Bairro Cágado, em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, abusou de uma criança de 5 anos. Ele se aproveitou da inocência da menina para enganá-la e depois violentar.

A polícia prendeu o suspeito, segundo a menina, ele ofereceu pirulitos.

A mãe da menina compareceu na delegacia e deu queixa do ocorrido, ela estava com a filha e contou aos policiais o que havia acontecido, que o motorista disse que daria pirulitos se a criança tirasse as roupas. A menina contou que não ia tirar a roupa, mesmo assim ele a obrigou e cometeu o estupro.

Antes do depoimento, a menina foi encontrada pela polícia, que passando pelo local, viu a menina chorando dentro da na escolar chorando na janela do carro.

A polícia surpreendeu o motorista de van escolar dentro do veículo com a criança. Os policiais acharam que havia algo incomum quando viram a van escolar estacionada em um terreno com vegetação alta, o local estava escuro. Ao se aproximar eles viram a criança aos prantos.

Quando os policiais abriram a posta da van, a menina correu para abraçar um dos agentes e chorando contou o que o homem fez.

Para surpresa dos policiais, a criança disse que ele já havia tentado fazer mal a ela no ano passado, ele era amigo da família e tinha costume de frequentar a casa.

A menina esteve no Instituto Médico Legal (IML) para realização de exame de corpo delito.

As autoridades não divulgaram fotos do criminoso, nem identificação do nome. Foi Complexo de Delegacias Especializadas (Code) acusado de indiciado por estupro de vulnerável.

É da maior importância para as crianças, que a família preste atenção aos ditos “amigos da família”, especialmente quando a criança muda o comportamento relação ao visitante, se recusando a ficar perto ou ficando mais tímida quando a pessoa chega.

Deixe uma resposta