Quando seu irmão não pode adotar, ela ofereceu a própria barriga.

Ashlee Mataele deu a luz ao primeiro filho do seu irmão, David.

 

É isso mesmo! Uma mulher aceitou carregar o filho de seu irmão por 9 meses na barriga. Mas entenda a história…

Após muitas tentativas de adotar e de encontrar uma barriga de aluguel, David e seu namorado Brendan estavam desistindo do sonho de formar uma família.

Tudo o que eles mais queriam era ter filhos, não importava como. Eles estavam dispostos a adotar e dar a criança um lar cheio de amor!

Porém, houve muitos obstáculos e burocracia que dificultaram isso. Muitas vezes adotar uma criança é um procedimento muito desgastante, que acaba levando anos e causando muito desgaste emocional. Conseguir uma barriga de aluguel é um processo que também impõe muitas dificuldades. Especialmente para quem quer um filho agora. Ao ver toda a decepção de seu irmão, Ashlee decide ajudar.

“Algumas pessoas acham estranho eu dar à luz um filho do meu irmão, mas para mim isso é uma honra”, diz.

David e Brendan buscaram uma doadora de óvulos, o embrião foi implantado em Ashlee e, para surpresa de todos eles, ela ficou grávida logo na primeira tentativa.

“Perguntavam para mim se eu seria capaz de entregar meu bebê ao nascer, mas isso nunca me preocupou. Sou a tia, e não a mãe dele. ”

David, Brendan e Ashlee na foto. Ashlee já no final da gestação.

Para o casal, o que Ashlee fez foi muito nobre. O preconceito sofrido por conta de serem homossexuais havia sido removido.

 

E você, o que achou dessa história?

Leia também:

Aos 55 anos, avó dá à luz neto para ajudar filha que não podia engravidar

De parto normal, mulher dá à luz menino de 6 kg e 57 centímetros

Mulher encontra bebê no lixo. 2 anos depois a transformação é surpreendente. Veja como ficou a pequena Nika

Deixe uma resposta