Sabe aquelas bolinhas brancas que aparecem nas amídalas? Vamos ensinar a você o melhor remédio caseiro para eliminá-las

Sabe aquelas bolinhas esbranquiçadas que aparecem nas amígdalas?

Elas são chamadas de tonsiólitos, cáseos amigdalianos ou pedras na amígdala e se desenvolvem quando bactérias, muco, células mortas ou até mesmo restos de alimentos começam a se acumular na região.

Elas podem ser brancas ou amareladas, com uma textura bem macia.

Essas pedras causam um terrível mau hálito, além de irritação na garganta e dificuldade para deglutir.

Também contribuem para o problema:

– Amígdalas muito grandes
– Má higiene bucal
– Excesso de consumo de açúcar e laticínios

Para o tratamento, é necessário uma tonsilectomia, ou seja, a remoção cirúrgica das amígdalas.

O problema é que, quando tiramos as amígdalas, enfraquecemos o nosso sistema imunológico, muito importante para evitar problemas com bactérias e vírus no corpo.

Como alternativa menos agressiva que a cirurgia, existe um tratamento natural muito eficiente.

Veja:

INGREDIENTES

  • 1 colher (chá ) de sal
  • Meia colher (sopa) de bicarbonato de sódio
  • Meio limão fresco
  • 1 copo de água

MODO DE PREPARO

  • Esprema o limão para extrair o suco.
  • Aqueça levemente a água.
  • Em seguida, adicione o suco de limão, o sal e o bicarbonato de sódio.
  • Misture bem os ingredientes.
  • Feito isso, faça um gargarejo com essa mistura.
  • Repita o procedimento duas vezes por dia.

Isso vai expulsar todos os resíduos acumulados nas amígdalas, além de desinfetar a garganta, graças às propriedades dos ingredientes.

Esse tratamento natural é econômico, simples e extremamente eficaz.

Importante!

Hipertensos devem usar, no lugar do sal comum, o sal rosa do Himalaia ou outro tipo de sal integral.

Atenção a esses sinais:
Quando é necessário tratamento cirúrgico
A cirurgia só é utilizada em poucos casos quando os remédios não são capazes de combater o surgimento dos cáseos ou quando existe o desenvolvimento constante de amigdalites.

Nesses casos, a cirurgia utilizada é a amigdalectomia, que consiste em retirar ambas as amígdalas. O pós operatório nem sempre é fácil, pois os pacientes podem permanecer com muitas dores de garganta e ouvido durante vários dias. O uso de remédios para aliviar a dor como paracetamol ou aspirina está recomendado para aliviar o desconforto. Saiba mais sobre este tipo de cirurgia.

Outra opção é o uso de laser para remover caseum, pois fecha as cavidades amigdalinas, que são furinhos presentes nas amígdalas, impedindo a formação e acumulo das bolinhas amarelas na garganta.

Sinais de melhora
Os sinais de melhora do caseum podem demorar até 3 dias para surgir e incluem diminuição do número de bolinhas na garganta e redução do mau hálito.

Sinais de piora
Estes sinais são mais frequentes quando o tratamento não é feito corretamente ou não existe boa higiene bucal e incluem agravamento da dor de garganta, dificuldade para engolir e febre acima de 38º, devido ao surgimento frequente de amigdalites.

Deixe uma resposta