PORQUÊ VOCÊ NUNCA DEVE BEIJAR BEBÊS RECÉM-NASCIDOS.

Eles são rechonchudos, fofinhos, têm um cheirinho maravilhoso de amor, mas você deve resistir à tentação de beijar bebês, especialmente se for um recém-nascido. A menos que você seja a mãe da criança, o gesto de carinho pode se tornar uma arma letal contra a saúde da criança.

Um exemplo trágico disso aconteceu esse mês de julho, nos Estados Unidos. A pequena Mariana Reese Sifrit, de apenas 18 dias, morreu após contrair o vírus da herpes de um parente que a beijou e que acabou evoluindo para uma meningite. (Leia também:Bebê morre durante parto e mãe diz que médicos forçaram nascimento)

 

O risco de beijar bebês

De acordo com os médicos que atenderam a criança, a contaminação deve ter ocorrido quando Mariana levou a mãozinha à boca. Depois disso, a recém-nascida, saudável até então, começou apresentar sintomas preocupantes, parou de mamar e tinha dificuldade para se manter consciente.

A garotinha foi atendida no hospital Blank Children’s, na cidade de Iowa. Os especialistas que a atenderam confirmaram a forma letal de meningite, embora os exames da recém-nascida tenham dado negativo para o vírus.

Conforme a mãe, Nicole, em poucas horas Mariana parou de respirar por conta própria e todos seus órgãos começaram a falhar.

Adeus à Mariana

No Facebook, a mãe da pequena Mariana deu a notícia de seu falecimento de uma forma tocante. “Nossa princesa Mariana Reese Sifrit ganhou suas asinhas de anjo nesta manhã. Ela estava no colo do papai, com a mamãe ao seu lado. Em apenas 18 dias, ela transformou as nossas vidas. Esperamos agora que a história dela possa salvar outros bebês”, escreveu.

Triste, não? A gente espera que casos como esses nunca mais se repitam e que todo mundo tenha entendido o perigo que pode ser beijar bebês ou até mesmo respirar muito perto de um recém-nascido, ainda com o sistema imunológico frágil.

Clique e Leia esse outro caso de uma menina que quase morreu ao contrair herpes através de um beijo 

Deixe uma resposta