6 sintomas de gravidez que quase ninguém conhece!

Além de atraso menstrual, existem outros sinais que podem indicar que há um bebê a caminho vida é transformação e movimento. A gravidez, da concepção ao nascimento, é uma das principais dinâmicas em que as mudanças se materializam. Afinal, o organismo da mãe precisa se adequar para dar conta de abrigar e fornecer os insumos biológicos para a formação do bebê.

Logo, os sintomas de gravidez não são um mero detalhe no organismo da mulher – eles são um resultado das modificações de quantidade e intensidade dos hormônios. Essa transformação se manifesta de diferentes formas, desde a mais evidente, com o atraso da menstrual até as mais sutis e pouco associadas a uma possível gravidez, por exemplo ter as veias do braço mais evidente.

Vale lembrar que nenhum sintoma de gravidez isolado é suficiente para confirmar uma gravidez. A melhor forma de obter essa resposta é realizando o exame de sangue. Nem mesmo o atraso menstrual é capaz de confirmar uma gravidez. quem tem ciclo menstrual irregular que o diga.

Veja também: Mãe cria 13 regras pra quem for visitar seu bebê e tem até limpar a casa

Confira a seguir alguns sintomas de gravidez mais sutis, mas não menos importantes:

Ronco

De acordo com o ginecologista Orlando Camanho Costa Filho, da Santa Casa de Mauá, as oscilações hormonais causam alterações nas cordas vocais e também fazem com que as membranas nasais inchem, ocasionando assim o ronco. Esse sintoma não é comum no começo da gravidez, mas pode acontecer.

Sangramento na gengiva

Esse sintoma de gravidez, na verdade, pode se acentuar no período gestacional. De acordo com Costa Filho, provavelmente a gestante já teria uma predisposição a ter gengivite antes de engravidar. Daí, quanto a gestação acontece, essa condição se acentua e acarreta a gengivite. A gravidez faz com que a produção hormônios como progesterona e estrógeno aumente. Essa mudança hormonal causa aumento do fluxo sanguíneo e faz com que a região da gengiva fique mais sensível.

Inchaço da vulva

As modificações hormonais fazem com que o fluxo sanguíneo aumente na região vaginal. Essa dinâmica também faz com que haja maior circulação na região da vulva, fazendo com que ela tenha uma aparência mais inchada.

Veja: Nomes de bebês , 40 clássicos, 30 modernos e 20 raros – todos LINDOS

Aumento da transpiração

Quando uma mulher engravida é como se ela estivesse em uma menopausa fisiológica. Logo, o aumento do fluxo sanguíneo ocasionado pelos hormônios faz com que os vasos sanguíneos se dilatem e aumentem a temperatura corporal. Isso faz com que a gestante sinta mais calor e consequentemente transpire mais. Logo esse também pode ser um sintoma de gravidez

Coceira

O aumento da transpiração pode facilitar o surgimento de dermatites e erupções na pele, caracterizando-se também como um sintoma de gravidez. De acordo com Costa Filho, as mudanças na pele tendem a se intensificar com a evolução da gravidez. Por isso é importante mantê-la hidratada e protegida durante todo o período.

Flatulência

Com o aumento da progesterona há um aumento na contração dos músculos lisos, responsáveis pelos movimentos do trato digestório. Isso diminui a velocidade com que os gases são eliminados fazendo com que eles fiquem concentrados no intestino – resultando assim na fermentação de certos alimentos pelas bactérias.


++ Veja mais:

Deixe uma resposta