Parto de quadrigêmeos tem 3 bebês empelicados e fotos impressionam! Veja

Um caso raro de parto empelicado aconteceu na Maternidade Pro Matre Paulista, em São Paulo, capital, e virou assunto nas redes sociais. A gestante Priscila Sandri deu à luz quatro bebês, sendo que três deles nasceram empelicados, ou seja, dentro da bolsa amniótica.

Veja as fotos ao final da matéria.

Os registros do nascimento dos bebês foram publicados no próprio Instagram de Priscila, chamado “De um para cinco”. A conta foi criada após a descoberta da gestação de quadrigêmeos e faz referência a mudança na família: se antes tinham apenas uma filha , Catarina, 2 anos, agora terão cinco filhos.

As imagens, que foram publicadas em uma galeria onde aparecem Diego, Antonella e Ícaro envoltos na bolsa com líquido amniótico, são impressionantes e estão chamando a atenção dos seguidores de Priscila nas redes sociais.

Leia também: Cuidados e dicas para os pais nos sete primeiros dias de vida do bebê

“A mamãe tem certeza que ela [foto] ganhará algum prêmio de fotografia! Ficou maravilhoso, não canso de olhar. Isso chama empelicado, quando o bebê nasce dentro do saco amniótico e é raríssimo, mas nossos queridos @dr.andregiro e @drandreyascencao conseguiram essa proeza com o Diego, com a Antonella e com o Ícaro, os três empelicados!”, escreveu a mãe na legenda da galeria.

A responsável pelos cliques impressionantes do parto foi a fotógrafa Thalita Castanha. A profissional já fotografou o parto de famosas como Eliana, Milena Toscano e Thais Fersoza. Até o momento, são mais de 6,7 mil curtidas na publicação de Priscila e mais de 400 comentários. “Que fotos! Que incrível é a natureza!”, escreveu uma seguidora.

Veja também: MÃE PUXA SEU PRÓPRIO BEBÊ DURANTE O PARTO CESÁREA! VEJA AS FOTOS:

Além de o parto de Priscila chamar a atenção por ser de quadrigêmeos, o caso é raro por se tratar de um parto empelicado . Geralmente, a bolsa com liquido amniótico se rompe durante o trabalho de parto logo após a mulher sentir as primeiras condições. Em raríssimos casos, a fina membrana resiste, como aconteceu com os bebês de Priscila. Estima-se que casos como o dela, onde o bebê nasce empelicado, acontecem 1 vez a cada 80 mil nascimentos.

Confira as fotos!

 


++ Veja mais matérias

Deixe uma resposta